Português (Brasil)

Policial agride entregador com soco e golpes de capacete durante abordagem em Fortaleza

Policial agride entregador com soco e golpes de capacete durante abordagem em Fortaleza

Órgão abriu um procedimento disciplinar investigativo contra o policial para apurar as imagens de agressão.

Compartilhe este conteúdo:

Um policial militar agrediu um entregador com soco e golpes de capacete na cabeça durante uma abordagem na Rua Mundaú, no Bairro Alto da Balança, em Fortaleza, na noite deste domingo (9). A ação foi registrada por testemunhas. 

No vídeo, o agente da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) gritou com o entregador por ele não ter obedecido a uma ordem de parada. Logo em seguida, o policial desceu da moto e atingiu a vítima com um soco no rosto.

Antes que o homem conseguisse se proteger, o militar retirou o capacete do entregador e o agrediu com golpes na cabeça usando o equipamento. Devido à força, o agente quebrou a viseira do capacete com as pancadas no entregador.

Fuga de blitz

 

Policial agrediu entregador com soco e golpes de capacete na cabeça durante abordagem no Bairro Alto da Balança, em Fortaleza. — Foto: Reprodução

Policial agrediu entregador com soco e golpes de capacete na cabeça durante abordagem no Bairro Alto da Balança, em Fortaleza. — Foto: Reprodução 

A Polícia Militar informou que a equipe do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual apoiava uma blitz da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), na Avenida Governador Raul Barbosa, no Bairro Aerolândia, quando o motociclista se evadiu da abordagem e foi alcançado na comunidade do Lagamar. 

Ainda segundo a PM, no momento da abordagem houve resistência por parte da vítima. Porém, a corporação disse que foi instaurado procedimento para apuração dos fatos. 

"A PMCE ressalta que repudia qualquer ação que vá de encontro aos valores da Corporação e deveres procedimentais e legais de seus integrantes", disse a PM.

Já a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) informou que instaurou um procedimento disciplinar investigativo para apurar os fatos no âmbito administrativo. 
 

 

Fonte: G1

 

Imagem da Galeria Foto: Reprodução
Compartilhe este conteúdo: