Português (Brasil)

Miguel Setas, presidente da EDP Brasil, é o novo CEO porta-voz do Pacto Global da ONU; EDP é dona da UTE Pecém

Miguel Setas, presidente da EDP Brasil, é o novo CEO porta-voz do Pacto Global da ONU; EDP é dona da UTE Pecém

Compartilhe este conteúdo:

Miguel Setas, presidente da EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro, foi anunciado pela Rede Brasil do Pacto Global, da ONU, como CEO porta-voz do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 11 (ODS 11) – Cidades e Comunidades Sustentáveis – na iniciativa Liderança com ImPacto. A escolha levou em consideração o envolvimento da EDP com o ODS defendido, análise reputacional da Companhia e de seu CEO, bem como o nível de engajamento e alinhamento com as premissas e compromissos propostos pela iniciativa no País.
 
As lideranças selecionadas para cada ODS atuam como mobilizadoras da sustentabilidade dentro e fora de suas empresas, contribuindo para o fortalecimento das metas da Agenda 2030 em conjunto com stakeholders da cadeia de valor, com governos e influenciadores em geral.
 
Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, além de atuar em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Foi eleita em 2020 a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em Governança e Sustentabilidade, estando há 14 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. No Ceará, a EDP é responsável pela UTE Pecém, em São Gonçalo do Amarante. #pecem #ceara #sga #taiba #papelpanoticias

Compartilhe este conteúdo: